As principais notícias do mercado PET e VETERINÁRIO ao seu alcance

Bicho de pé em cães: o que é, causas, sintomas e tratamento

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso grupo do Whatsapp

Bicho de pé em cães
Foto: Freepik

O bicho de pé, ou tungíase, é uma doença causada pela pulga Tunga penatrans e que acomete animais e humanos. Esse parasita vive em solos arenosos, quentes e secos e pode ser adquirido quando pets e pessoas entram em contato com solo contaminado com ovos da pulga. Abaixo, conheça os sintomas do bicho de pé em cães e como tratar a doença.

Os sintomas do bicho de pé em cães

Nos cachorros, as áreas mais afetadas são os coxins (sola do pé) e abaixo das unhas.

Segundo informações da MSD Saúde Animal, a área afetada apresenta um ponto inflamado, alto, dolorido, inchado e bem delimitado. Muitas vezes, é possível ver um ponto escuro no centro.

O pet acometido sente uma dor localizada e muita coceira. É importante saber que essas lesões podem servir como porta de entrada para outras infecções.

“Como saber que meu pet está com bicho de pé?”

O médico veterinário consegue diagnosticar a doença em cães a partir de uma avaliação clínica, do histórico do pet e de uma análise da lesão.

Pequenos pontinhos pretos ou vermelhos na pele do bichinho também pdem indicar a presença da pulga Tunga penatrans.

Como tratar o bicho de pé em cachorros

Ao notar sinais como dores, dificuldades de passear, lesões nas patinhas ou entre os dedos, procure um médico veterinário.

O tratamento da doença é feito a partir da retirada mecânica do parasita da pele e aplicação de medicamentos antiparasitários, que podem ser de uso tópico ou sistêmico.

Mas a prevenção é sempre o melhor remédio! Por isso, evite levar seu pet a locais infestados e a solos arenosos e de procedência desconhecida.

É importante também higienizar o ambiente do cachorro, incluindo sua caminha, casinha e recipientes de comida e água.

Mais lidas

OUTRAS NOTÍCIAS