As principais notícias do mercado PET e VETERINÁRIO ao seu alcance

Estados investem em Selo Pet Friendly para promover turismo

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso grupo do Whatsapp

Selo Pet Friendly
Foto: Freepik

O Rio Grande do Sul abre um importante precedente nacional e passará a credenciar estabelecimentos públicos e privados com o Selo Pet Friendly, com base no cumprimento de metas relativas ao bem-estar animal. O estado segue o exemplo já adotado em alguns municípios.

A proposta, desenvolvida pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS) em parceria com a Secretaria Estadual de Turismo, foi aprovada por parlamentares e aguarda apenas a sanção do governador Eduardo Leite (PSDB).

Selo pet friendly promete impulsionar mercado pet 

De acordo com o texto, a expectativa é que o Selo Pet Friendly impulsione e profissionalize a atividade de prestação de serviços no mercado pet. A iniciativa, porém, não se restringe aos lugares onde os animais de estimação podem ingressar.

Na realidade, a ideia é acolher e não só receber. Portanto, o selo de aprovação será entregue a estabelecimentos, como lojas, bares, hotéis, shoppings, restaurantes e órgãos públicos, que possuam equipes de atendimento treinadas e com conhecimento sobre raças e formas de interação com os pets.

Além disso, os locais terão de oferecer bebedouros com água fresca, saquinhos para a coleta de resíduos dos animais e lixeiras exclusivas para realizar o descarte. Também vão precisar contar com espaços para que os tutores fiquem com seus amigos de quatro patas.

Rota turística pet friendly no Rio Grande do Sul 

Ao reconhecer oficialmente locais que estão preparados para receber a entrada, circulação e permanência de animais de estimação, será possível traçar uma rota turística pet friendly no estado. A lei vai beneficiar o setor de turismo, além de garantir todo conforto para os donos e seus animais de estimação.

Selo Pet Friendly em outras cidades 

É a primeira vez que um estado brasileiro aprova um projeto dessa natureza, que até então virou realidade somente em esferas municipais e em algumas capitais brasileiras.

Fortaleza foi a primeira cidade do país a implementar uma política pública de turismo dedicada aos pets. Em 2023, a capital cearense lançou o Guia Pet Friendly, recomendando locais para visitar, se hospedar e comer na companhia dos animais. Brasília também foi reconhecida como uma cidade turística pet friendly.

Em setembro do ano passado, a prefeitura do Rio de Janeiro criou um selo para identificar estabelecimentos comerciais que permitem e acolhem a presença de animais de estimação.

“As pessoas poderão entrar nos estabelecimentos com o selo e ter a segurança de que seu pet será muito bem recebido. É preciso incentivar cada vez mais os estabelecimentos comerciais a receberem os animais, que hoje já são tratados e considerados como membros da família”, comenta Flávio Ganem, secretário municipal de Proteção e Defesa dos Animais do Rio de Janeiro, em entrevista ao jornal O Globo.

Mais lidos

OUTRAS NOTÍCIAS